Autor: admin

ENEM 2017: O AUMENTO DA TAXA DE INCRIÇÃO

Uma das mais notórias mudanças no ENEM 2017 sem dúvidas foi o aumento na taxa de inscrição do exame. A taxa que era no valor de R$ 68,00, passa a custar R$82,00, lembrando que estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio em 2017, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na lei 12.799/2013 – que isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50. O Inep informa que vai conferir todos os pedidos de isenção

Ainda assim, o exame está abaixo da média dos vestibulares (R$140,00), segundo o INEP.

INCRIÇÕES:

As inscrições começam no dia 8 de maio as 10h, exclusivamente pelo site do ENEM, e o pagamento deve ser feito até o dia 24 de maio.

 

Veja também:

UNICAMP DIVULGA LISTA DE LEITURAS OBRIGATÓRIAS PARA VESTIBULAR 2018

Na terça feira (17) a Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, divulgou sua lista de leituras obrigatórias para o vestibular 2018. Entre as 12 obras destacadas, temos contos, sermões, peças e poesias. A lista não sofreu grandes alterações, contudo, alguns títulos foram substituídos.

Confira a lista completa das obras:

1 – Luís de Camões, Sonetos.
2 – Jorge de Lima, Poemas Negros (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).

3 – Clarice Lispector, Amor, do livro Laços de Família.
4 – Guimarães Rosa, A hora e a vez de Augusto Matraga, do livro Sagarana.
5 –  Monteiro Lobato, Negrinha, do livro Negrinha (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).
6 – Machado de Assis, O espelho.

7 – Dias Gomes, O bem amado.

8 – Aluísio Azevedo, O cortiço.

9- Camilo Castelo Branco, Coração, cabeça e estômago (Livro em domínio público).
10 –  Érico Veríssimo, Caminhos cruzados (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).

11 –  Mia Couto, Terra sonâmbula.

12 – Antonio Vieira:
Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1672;
Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1673, aos 15 de fevereiro, dia da trasladação do mesmo Santo;
Sermão de Quarta-feira de Cinza – Para a Capela Real, que se não pregou por enfermidade do autor
.

UFRGS divulga lista de leituras obrigatórias para o vestibular 2018.

Nesta quinta feira (30), a UFRGS divulgou a lista de leituras obrigatórias para o vestibular 2018.
Entre as obras selecionadas temos sermões, peças de teatro, poemas e um álbum de estúdio. A lista conta com 12 títulos nacionais, e quatro livros das edições anteriores da prova foram substituídos por novos autores.
Confira como ficou a lista completa das leituras obrigatórias para o vestibular 2018:

1- “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector
2 – “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo
3 – “Dom Casmurro”, de Machado de Assis
4 – “A máquina de fazer espanhóis”, de Valter Hugo Mãe
5 – “Quarto de Despejo”, de Carolina de Jesus
6 – “Diário da queda”, de Michel Laub
7 – “Morangos Mofados”, de Caio Fernando Abreu
8 – “O Continente”, de Érico Veríssimo
9 – “Sermão pelo Bom Sucesso das Armas de Portugal Contra as de Holanda”, “Sermão da Sexagésima” e “Sermão de Santo António aos Peixes”, do padre Antônio Vieira
10 – “Gota d’Água”, peça teatral de Chico Buarque e Paulo Pontes
11 – “Elis & Tom”, álbum de Elis Regina e Tom Jobim
12 – Coletânea com 17 poemas, de Fernando Pessoa [Autopsicografia; Isto; Pobre velha música; Qualquer música; Natal… Na província neva; Ela canta, pobre ceifeira; Não se se é sonho, se realidade; Não sei quantas almas tenho; Viajar! Perder países!; Liberdade; Lá fora um redemoinho de sol os cavalos do carrossel… (poema V de Chuva Oblíqua); O maestro sacode a batuta (poema VI de Chuva Oblíqua); Padrão; Noite; O infante; Mar português e Nevoeiro]

INSTITUIÇÕES DE PORTUGAL ACEITARÃO INSCRIÇÕES DE BRASILEIROS PELO ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passará a ser aceito em instituições portuguesas. São elas: Instituto Universitário de Ciências da Saúde, Escola Superior de Saúde do Vale do Ave e Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa.

A medida já está em vigor e considera notas da prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias somadas à média das notas do Ensino Médiootas da prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias somadas à média das notas do Ensino Médio. Isso significa que até mesmo as notas do ENEM 2016, podem ser utilizadas. Atualmente as instituições reservam 20% das suas vagas para estrangeiros.

Saiba mais entrando no portal das instituições.

Inscrições abertas para vagas remanescentes no FIES

O fundo de financiamento estudantil (FIES) está com vagas abertas para vagas remanescentes, ou seja, vagas que não foram preenchidas no período convencional do processo. As inscrições abertas para vagas remanescentes no FIES devem ser feitas através do site fiesselecao.mec.gov.br até essa sexta feira (24/03) para alunos que ainda não possuem graduação, para outras categorias, as inscrições se estendem até a próxima semana. Abaixo temos o cronograma completo do programa.

•De 20 a 24 de março: não graduados inscritos no processo seletivo regular do Fies.

•De 22 a 24 de março: graduados inscritos no processo seletivo regular do Fies.

•De 25 a 31 de março: não graduados para curso de IES em que não estão matriculados.

•De 27 a 31 de março: graduados para curso de IES em que não estão matriculado.

•De 25 de março a 22 de maio: não graduados para curso de IES em que estão matriculado.

•De 27 de março a 22 de maio: graduados para curso de IES em que estão matriculados.

 

Fiquem atentos as datas e aproveitem!

ENEM 2017: Entenda as mudanças

Na última quinta-feira (9), o Ministério da Educação anunciou algumas mudanças referente ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para 2017.

A primeira delas será uma maior dificuldade na inscrição daqueles que vão solicitar a isenção da taxa de inscrição. Os critérios mudaram, ou seja, os requisitos para a isenção da taxa passarão a ser outros. O MEC afirma que essa maior rigorosidade foi pensada para que o processo passe a ser mais organizado e, consequentemente, evitando possíveis fraudes.

Como solicitar a isenção:

Para candidatos concluintes do terceiro ano do ensino médio em escolas públicas, a regra continuará a mesma, os estudantes continuarão se inscrevendo no exame gratuitamente. Para candidatos que se encaixam na lei 12.799/2013, ou seja, (a) pessoas que possuam renda familiar de até um e meio salário mínimo e (b) que estudaram os três anos do ensino médio em escolas públicas também poderão se inscrever gratuitamente comprovando essas informações. Candidatos com inscrição no CadÚnico (beneficiários de programas federais como bolsa família) terão que inserir seu Número de Integração Social (NIS) e, com a comprovação socioeconômica familiar, o candidato será considerado apto a receber a isenção da taxa. Por fim, para candidatos de baixa renda sem inscrição no CadÚnico, o participante poderá declarar que atende ás condições do decreto e da lei que concedem a gratuidade, condições essas que contemplam ter renda familiar de até meio salário mínimo, ou renda mensal de até três salários mínimos (Mais informações sobre o decreto n° 6.135).

Outra mudança significativa é a de que o exame será aplicado em dois domingos consecutivos (5 e 12 de novembro), já que nos anos anteriores era aplicado em dias consecutivos (um sábado e um domingo).

No primeiro dia, teremos Linguagens, Ciências Humanas e Redação, com duração de cinco horas e meia de prova. Já no segundo dia, a prova compreenderá Matemática e Ciências da Natureza, com quatro horas e meia de duração.

Outras mudanças menores foram de que esse ano o ENEM terá cadernos de provas personalizados, com nome e número de inscrição dos candidatos, e passa a não valer mais como certificado do ensino médio.